JavaScript is required to use Bungie.net

Comunidade em Foco: Aztecross

Esteja você buscando alguém para compartilhar novas ideias de combinações ou só dicas gerais sobre a constante evolução do mundo de Destiny 2, nosso Comunidade em Foco mais recente chegou para abalar e ajudar qualquer Guardião que queira afiar as próprias habilidades. É isso aí, pessoal. Finalmente temos Aztecross aqui, depois de muitos membros da comunidade dizerem que "já estávamos atrasados". É justo, mas sempre há gente interessante por entrar em destaque, não é?   

Certo.  

Mas e agora? Nós trouxemos o próprio homem ao destaque para conversarmos sobre sua jornada com a Bungie e seu caminho para se tornar o criador de conteúdo que é hoje. Então, sem mais delongas, vamos ao assunto. 

Preciso salientar que vamos experimentar formas diferentes de escrever estas postagens do Comunidade em Foco nos próximos meses, testando estilos diferentes, como o visto aqui. Contem para nós o que vocês acham!  



Aztecross começou sua jornada no mundo dos videogames ainda jovem, incentivado pela tia, que compartilhava momentos e um Super Nintendo com ele. "Às vezes ela chegava tarde em casa, mas fazia questão de passar algumas horas comigo na sala jogando Mario Kart", diz o streamer ao lembrar de tempos mais simples. "Foi nessa época que me apaixonei pelos games." 

Infelizmente, o amor pelos jogos de 8 bits morreu porque sua família não queria ter videogames na casa onde ele cresceu. Por sorte, o tempo passou e ele se aproximou do que, mais tarde, se tornaria uma comunidade excelente. Ao refletir sobre como retornou ao mundo dos games, ele se lembrou com carinho da influência do Xbox. "Eu finalmente pude voltar aos games pouco depois de fazer 20 anos", lembra animado. "Parei em uma GameStop depois de começar a trabalhar com construção e não pensei duas vezes quando me deparei com o Xbox 360. Daí em diante, foi só ladeira abaixo [risada]. E por ladeira abaixo, me refiro ao vício intenso. Não tinha mais volta. Eu entrei de cabeça, e o resto é história." 

Dali em diante, ele entrou nas transmissões e criação de conteúdo, e acabou encontrando seu nicho na comunidade do Destiny 2. Fazendo transmissões, conversando com outros Guardiões e se adicionando o próprio humor aos nossos boletins semanais, não demorou muito para ele nos mostrar quem era: um jogador apaixonado e compreensivo, mas que também não pouca críticas respeitosas. Devido a esse equilíbrio, a comunidade confia nele. Já as piadas e os trocadilhos com o Destiny 2 não passam de um bônus. 

Depois de tanto tempo jogando com outros Guardiões, estamos animados para explorar esses momentos que significam tanto para ele. Além disso, é nosso dever, sendo a Bungie, falar de Taniks novamente, então também tem essa. De acordo com o jovem criador de conteúdo, um momento específico ocupa o pódio de experiência mais amada dentro do jogo: "Sempre vou amar um jogo por sua atmosfera e imersão", ele me conta. "A Bungie domina essa área, é algo que sempre me faz querer mais. Para ser específico, a parte da incursão da estação espacial da Cripta da Pedra Profunda é o que me faz perceber repetidamente o quanto gosto de Destiny. Não sei dizer, Hippy, mas tem algo sobre pular pelo espaço com aquela música (por sinal, uma belezinha) que é simplesmente especial." 

"Em relação à história", ele acrescenta, mais sério, "eu curto mesmo o conteúdo Sazonal. Não vou mentir, eu estava esperando que o Corvo fosse pro lado do mal e se tornasse um novo Uldren, mas acho que gosto mais dele dessa forma."

Como fã apaixonada pelo Corvo, é fácil entender o motivo, e a Cripta da Pedra Profunda tem essa aura lofi que realmente nos prende.  

Independente de fazer incursões ou curtir o conteúdo Sazonal, só há uma pergunta que importa de verdade: Qual é sua classe favorita? Como jogadora de Titã, a felicidade que sinto ao ouvir sua proclamação para nossos Guardiões pesados é real. Mas o que é uma classe sem a combinação de itens correta, não é? "Eu costumava usar martelos com Solar 3.0 como combinação, mas as coisas perderam a familiaridade depois das mudanças recentes", ele confessa. E também brinca, "Apenas haters dizem que martelos com Solar eram fortes demais [risada]. Agora, estou experimentando diferentes estilos para descobrir onde me encaixo." 

Faz sentido, mas e a sua combinação favorita de todos os tempos? "A minha combinação favorita de toda a história do Destiny é da época em que o Acelerador Energético funcionava com o ataque pesado da Divisora de Coroas, resultando na Detonadora de Coroas. Era possível acabar com Campeões nos Anoiteceres Grão-mestre com uma só pancada, o que nos permitia detonar por toda a Temporada no PvE. A sensação era de poder… Talvez poder demais." 

Falando da história de Destiny, não é segredo que esse universo da Bungie está em constante evolução, com mudanças de meta, conteúdo diferente e formas novas e divertidas de jogar. Uma pedra fundamental dessa evolução é nunca se desviar da alegria criativa que é imaginar o futuro! Sobre seus desejos e sonhos para o futuro, Aztecross é bem direto: "Posso ser franco? Em relação à evolução da experiência do jogador, acho que a Bungie está fazendo um ótimo trabalho com o Destiny 2. É claro que há bugs, mas em um jogo tão grande? É de se esperar. Neste ponto da vida do Destiny, recursos sociais e de MMO são uma obrigação. O jogo cresceu bastante e significa que a visão também precisa crescer, e acho que temos um vislumbre disso agora."  

Sobre o que ele gostaria de ver no jogo, ele acrescenta "Recentemente, eu fiz um vídeo sobre imaginar o Destiny 2 como um 'MMO de verdade'. Halls de clãs, abrigo de jogadores, busca por grupos dentro do jogo, organização de partida aberta, chat global e coisas do tipo. Esses recursos me mantêm ligado a um jogo e fazem com que continue na minha cabeça depois que chega ao fim, mas não sei se isso é possível com a engine atual do jogo."  

Não dá para falar sobre desejos sem imaginar uma nova subclasse. Ao pensar em uma nova subclasse que ele criaria, ele se deparou com um dilema filosófico: o que "perfeito" quer dizer na hora de criar uma "subclasse perfeita". Ele também admite que essa questão é um pouco complicada ao tentar ser realista. "É um pouco complicado para mim. Já vi a Estase e também já joguei com as subclasses 3.0, mas o que a Bungie fez foi muito além do que eu poderia imaginar sozinho. É impossível fazer algo perfeito, ainda mais levando em consideração as diferentes ideias sobre o que é perfeito. Mesmo quando eu brinco, essa questão está muito além das minhas habilidades e conhecimento. Eu atiro nas coisas, curto os novos recursos que vocês adicionam e me viro com subclasses de Estase. Enfim, eu gosto quando a Bungie pensa grande. Mesmo que nem sempre funcione, é sempre bom tentar e avançar a partir daí." 

Essa ideia de coragem descrita por ele sobre como nós lidamos com novos conteúdos também serve para a criação de conteúdo. Desafiar-se, causar impactos positivos e compartilhar sua felicidade com o mundo pode ser maravilhoso, mas também pode ser intimidante. Para os novatos, vale ainda mais.  Como vimos na história do Aztecross, todos começam de algum lugar, então por que não agora? Para os criadores de conteúdo que estão buscando inspiração no nosso entrevistado, ele dá uma dica direta: "Simplifique as coisas. É sério: se divirta", ele pede. "É isso aí. Vamos falar a verdade: o ponto principal de videogames é a diversão. Se deixa de ser divertido, que sentido faz? Se você perder a sensação de diversão, você perdeu o motivo que fez você começar essa jornada. Então não perca essa sensação, valorize-a." 

Com um novo Destaque se aproximando e a Sombra no futuro, a estrada à frente está cheia de exploração, descobertas e um maior aprofundamento no que significa ser um Guardião. Para conhecer o mundo pelos olhos de Aztecross, você pode encontrá-lo pela tag @Aztecross.  



Esse é o fim de outro ótimo Comunidade em Foco, com outra personalidade incrível que ajuda a fazer do nosso pequeno microcosmo um lugar melhor. Para conhecer mais coisas incríveis da comunidade, confira nosso Comunidade em Foco mais recente com o incrível BonaFideHiro aqui.   

Agradecemos a todos vocês por curtirem essa última adição à série. Se você quer recomendar uma pessoa que merece o maravilhoso destaque do Comunidade em Foco, fale para nós nos fóruns da Bungie e nos marque nas redes sociais. Enquanto isso, continuem sendo boas pessoas e não se esqueçam de beber água. E, pelo amor de Deus, cuidem-se. Seu corpo e mente agradecerão, acreditem em mim.   

  

"É melhor eu ir",  
Hippy 
Você não tem autorização para ver esse conteúdo.
preload icon
preload icon
preload icon