JavaScript is required to use Bungie.net

Destiny
0
Paulo 360z

Paulo 360z

Edited: 8/14/2014 3:07:39 PM
No Destiny Beta, alguns de vocês passaram o seu tempo lutando para restaurar a glória de nossa Era Dourada. Isso é ótimo. Este é um mundo de heróis, afinal de contas. Mas houveram alguns de vocês que preferiram longas caminhadas ao pôr-do-sol. Nós estávamos lhe esperando. Tem um time inteiro na Bungie criando arte de uma forma que faz você querer olhar para o céu quando não estiver seguindo a mira da sua arma. Antes do trabalho deles chegar até você, Isaiah Sherman contou a história de como ele construiu os elementos que vivem além do seu alcance. Agora que parte do trabalho deles foi completamente mostrada na versão Beta, estamos entrevistando Mark Goldsworthy para aprender mais sobre como eles criaram o lindo e dinâmico dossel que vive sobre nossos mundos perdidos. Oi, Mark. Conte-nos sobre o seu time e sobre como é a sua contribuição na Bungie. Mark: Nós tratamos o céu como um personagem em jogo. Nós entendemos o alto impacto que ele pode ter e damos o valor que ele merece. O termo “Skybox” (caixa celeste) é um pouco desinformativo. “Sky Art” (arte celeste) na Bungie inclui o céu, as montanhas, vistas épicas que se expandem à sua frente, e tudo mais desde cavernas subterrâneas até planetas no espaço. Como esse é o maior mundo que já criamos para os jogadores explorarem, o seu trabalho em Destiny foi diferente do que você criou em jogos anteriores da Bungie? Mark: Nós criamos céus excelentes em Halo: Reach, mas queríamos incorporar a constante mudança de luz e atmosfera em Destiny. A transição do dia para a noite com nuvens, nascer e pôr-do-sol era o objetivo. Queríamos que o céu fosse visualmente deslumbrante e único para cada planeta. Além disso, criamos camadas de céus planetários e elementos de terreno únicos para expandir o nosso universo. Acima de tudo, eles precisavam ser épicos. Eventualmente, estes céus épicos vão encontrar o horizonte. Como você trabalha com outros artistas da Bungie para combinar o céu e a terra? Mark: Trabalhamos de perto com o time de arte dos ambientes do mundo, iterando e desenvolvendo os céus e paisagens juntamente com as áreas jogáveis. Conforme o mundo se desenvolve, os céus também. Trocamos ideias uns com os outros e lidamos com cada novo trabalho que entra em uma nova versão do jogo. Preferimos criar o terreno e os arranjos de nuvens manualmente ao invés de usar grandes representações de fotos estáticas. Na sua opinião, como o seu trabalho afeta a experiência geral do jogador? Mark: O céu e a atmosfera ajudam muito a estabalecer o humor do ambiente. O céu precisa ser dinâmico. Ele é feito de vários componentes individuais que se movem e mudam conforme corpos celestiais atravessam o horizonte. Isso dá uma sensação de imersão ao jogador e permite que nós mostremos os mundos que criamos em uma escala maior. Pessoalmente, qual o seu local favorito para admirar o céu em Destiny? Mark: Eu adoro os gradientes de cor incríveis que se vê num dia claro ao fim do entardecer. A sequência marciana de pré-amanhecer e pôr-do-sol em Destiny foi muito divertida de criar. Tem um boato de que você está tentando contratar um certo alguém para se juntar a vocês na criação de cenários aéreos para nós apreciarmos quando não estivermos lutando por nossas vidas. Quais são as qualificações do candidato ideal? Mark: Um bom olho para luz e composição, uma paixão por céus e vistas épicas e uma mente aberta para lidar com todos os desafios incríveis que a Bungie nos dá. O desafio que Mark e o time dele enfrentam é aparente se você jogou o Destiny Beta, mas você tem muito mais para descobrir por si próprio no dia 9 de setembro. Ou seja lá quanto tempo levar até você chegar nos mundos distantes que criamos em Destiny. Ainda há alguns horizontes a serem alcançados. Se sente preparado para o desafio de ser um artista celeste da Bungie? Se você olha para os céus e se encontra desejando recriar tal majestade em um jogo de vídeo game, mostre-nos a sua arte. Se você tiver o que é preciso, pode chegar o dia em que apontará para cima em um jogo da Bungie e dirá: “fui eu que fiz”.

Edit Preview Cancel

View Entire Topic
preload icon
preload icon
preload icon
You are not allowed to view this content.